Notícias
o mais importante sobre o mercado imobiliário
Notícias
voltar \ Ir à praia em tempos de Covid-19: regras para estar em segurança

Ir à praia em tempos de Covid-19: regras para estar em segurança

20 jul 2020
Ir à praia em tempos de Covid-19: regras para estar em segurança
Relaxar o corpo e a mente no areal e no mar sim, mas não os cuidados para evitar novos contágios. Explicamos tudo.

Com o calor a apertar, e depois de meses de confinamento, o que apetece nestes dias é ir arejar à praia, dar uns passeios à beira-mar e uns belos mergulhos, relaxar na areia e tomar algo no bar da praia. Mas com a pandemia da Covid-19, estes programas de verão têm de ser feitos com cuidados especiais, para evitar novos contágios e travar o surto. 

Neste artigo, preparado pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor* para o idealista/news, explicamos-te tudo sobre este assunto.

Em dias de muito calor, como os que estamos a viver, nada como calçar os chinelos, pegar na toalha e rumar a uma praia. No entanto, devido à pandemia Covid-19, deves conhecer as regras para ir à praia em segurança:

Na praia:

  • Junto às praias existirá uma sinalética indicando o seu estado de ocupação.
  • No acesso à praia e, já no areal, mantem uma distância de 1,5 metros relativa aos outros utentes que não pertençam ao seu grupo.
  • Nas passadeiras, paredão e marginal, assim como nas instalações sanitárias, usa calçado adequado e segue as indicações que possam existir no chão.
  • Os chapéus-de-sol, toldos e colmos devem estar afastados, no mínimo, 3 metros entre si. O aluguer de toldos, colmos ou barracas far-se-á por referência a dois turnos: o da manhã até às 13h30 e o da tarde a partir das 14h.
  • A utilização de gaivotas, escorregas, chuveiros interiores de corpo ou de pés encontra-se interdita. O mesmo se aplica a atividades desportivas, bem como massagens e atividades similares, que envolvam 2 ou mais pessoas.
  • Os chuveiros exteriores de corpo ou de pés, espreguiçadeiras, colchões, cinzeiros de praia, podem ser utilizados e estão sujeitos a normas de limpeza e higienização, definidas pela Direção Geral da Saúde.
  • As atividades náuticas, aulas de surf e desportos similares são permitidas, desde que respeitem o número máximo de 5 participantes por instrutor, e o distanciamento físico de segurança recomendado entre cada participante, tanto em terra como no mar.
  • As pessoas com mobilidade reduzida terão que garantir o cumprimento dos procedimentos de higiene e segurança, nomeadamente quanto à higienização das cadeiras anfíbias.
  • É permitida a venda ambulante nas praias, a qual deve fazer-se, preferencialmente, através dos corredores de circulação de utentes da praia.
  • Os vendedores deverão usar máscara ou viseira e respeitar as regras de distanciamento físico de segurança no contacto com os utentes.

No bar da praia

  • Os apoios e bares de praia são considerados estabelecimentos de restauração e bebidas, pelo que, se aplicam as mesmas regras que sempre se aplicariam aos estabelecimentos situados fora do espaço da praia.
Veja Também