Notícias
o mais importante sobre o mercado imobiliário
Notícias
voltar \ Trabalho à distância leva portugueses para cidades médias principalmente no Interior

Trabalho à distância leva portugueses para cidades médias principalmente no Interior

28 set 2020
Trabalho à distância leva portugueses para cidades médias principalmente no Interior
Imobiliárias têm mais procura por moradias, terrenos e quintas. Regiões com menor densidade populacional a ganhar habitantes

Assim que ficou em teletrabalho, Alexandra deixou Lisboa e regressou a Castelo Branco, onde nasceu e tem família. Se podia trabalhar a partir de casa e só precisava de ir ao escritório três ou quatro vezes por mês, então não havia problema em estar a 200 quilómetros de distância. “Sendo uma cidade mais pequena, em Castelo Branco é tudo mais acessível, consigo gerir melhor a minha vida e tenho mais tempo para mim fora do trabalho. Além disso, poupo na renda e no passe que pagava em Lisboa”, conta Alexandra Vale, de 26 anos, responsável pelos recursos humanos de uma instituição social.

O teletrabalho está a abrir portas para que mais pessoas consigam sair dos grandes centros urbanos de Lisboa e do Porto em direção a cidades mais pequenas, algumas até periféricas, com casas mais baratas, maiores e com espaço ao ar livre, em zonas com bons acessos, suficientemente perto dos seus locais de trabalho para que se possam deslocar quando for necessário. Segundo os especialistas, não está em causa um movimento para o campo, para uma aldeia na serra ou um monte isolado, mas para cidades de média dimensão, com todos os serviços essen­ciais à mão, como um hospital, comércio e boa cobertura de rede móvel e internet.

Fonte: Expresso

Veja Também