Notícias
o mais importante sobre o mercado imobiliário
Notícias
voltar \ Viver numa casa mais feliz e saudável: dicas de Feng-Shui para melhorar o bem-estar na pandemia

Viver numa casa mais feliz e saudável: dicas de Feng-Shui para melhorar o bem-estar na pandemia

15 fev 2021
Viver numa casa mais feliz e saudável: dicas de Feng-Shui para melhorar o bem-estar na pandemia
Alcançar a harmonia com o ambiente que nos rodeia é essencial para a nossa felicidade. Vanda Boavida, professora e consultora certificada de Feng Shui, explica porquê.

Com o confinamento, a casa tornou-se o centro das nossas vidas e ganhámos consciência sobre a sua importância. É um refúgio seguro, onde se cruza a família, o trabalho e a escola, mas também um espaço que agora é o espelho do cansaço, da angústia e da tristeza, por causa da pandemia. A verdade é que estar em harmonia connosco, com o outros e com o lugar onde vivemos é fundamental para o nosso equilíbrio e bem-estar, e o Feng Shui atua nesse sentido. É uma arte milenar chinesa que deteta as influências negativas e os bloqueios de um espaço, procurando convertê-las em energias positivas, combatendo problemas como a depressão e ansiedade. Vanda Boavida, professora e consultora certificada de Feng Shui, partilhou com o idealista/news algumas dicas para se viver numa casa mais feliz e saudável

A casa é o reflexo da nossa vida, e vice versa. E o Feng Shui é uma ferramenta que pode ensinar-nos a alcançar a harmonia com o ambiente que nos rodeia, potenciando o sucesso, a prosperidade, a saúde, os relacionamentos e a nossa felicidade pessoal e profissional, tal como explica a especialista, também licenciada em Organização e Gestão de Empresas. Esta técnica, garante, é um “método mais fácil e rápido de renovar a nossa vida, pois os locais onde vivemos podem ser alterados por nós”. Permite desbloquear a energia do ambiente, removendo energias estagnadas, alinha objetivos e sonhos dos indivíduos, favorece o bem-estar, harmoniza as energias da natureza dentro de um espaço, torna os ambientes agradáveis e saudáveis, de acordo com a função que cada ambiente possui, e faz com que as pessoas estabeleçam novas relações com os espaços em que vivem.

Uma casa onde não nos sentimos confortáveis, um quarto que não é o lugar de descanso que desejamos, ou um escritório onde não conseguimos ter a produtividade que gostaríamos. A energia dos espaços faz toda a diferença, seja pelo conforto, pela decoração ou pela luz, e há mudanças que podemos fazer para nos sentirmos melhor. A pensar nisso, Vanda Boavida lançou recentemente o livro "Casa com Alma", que junta o método japonês de kaizen os princípios do Feng Shui, e o poder do vision board, apresentando um guia prático com dicas que que podem ser aplicadas no dia a dia.

Desde colocar carpetes e almofadas no sofá, de várias cores, algo que faz com que a nossa casa seja mais agradável para os amigos; não comer no colo, em pé, na cama ou no sofá, mas na mesa; ter mesa oval ou redonda de madeira, pois não ter qualquer tipo de arestas proporciona uma maior igualdade; na cozinha ter sempre as portas e as janelas abertas para entrar mais luz natural; até colocar ervas aromáticas na bancada da cozinha, perto do fogão ou evitar a utilização de espelhos nos quartos, pois os mesmos amplificam as ondas eletromagnéticas, não promovendo um sono tranquilo. Estas e outras ideias são exploradas neste manual que quer ajudar a reorganizar cada pormenor da casa para transformá-la num refúgio de paz e tranquilidade.

Mas afinal, o que é uma casa com alma? E como podemos tirar melhor partido dela através do Feng Shui? Em plena pandemia, e com a casa no centro de tudo, o que é essencial para manter o equilíbrio? E o que é o método Vanda Boavida? A especialista responde a esta e outras questões na entrevista que agora reproduzimos na íntegra.

Vanda Boavida, professora e consultora certificada de Feng Shui
Vanda Boavida, professora e consultora certificada de Feng Shui

O que é uma casa com alma?

Uma casa equilibrada que facilite o bem-estar de todos os seus habitantes e que promova as 5 áreas das suas vidas: saúde, melhores relacionamentos pessoais e profissionais, sucesso e prosperidade. 

Arrumar a casa é arrumar a mente? Em que sentido?

A visualização de uma casa arrumada, facilita o nosso campo de visão, consequentemente reduz o processamento de informação no nosso cérebro e estimula uma mente mais tranquila. 

Como podemos tirar melhor partido da casa através do Feng Shui? 

Uma casa com Feng Shui facilita a harmonia e um ambiente mais saudável, através da utilização de todos os elementos do Feng Shui: fogo, terra, metal, água e árvore. 

Como é que esta técnica pode ajudar a criar harmonia e um ambiente mais saudável?

Colocando elementos naturais que faça a conexão com o exterior e com a natureza. A utilização de materiais naturais e a redução de materiais tóxicos também deverá ser sempre a nossa preocupação quando decoramos a nossa casa, ou quando fazemos uma remodelação ao nível da pintura, uma vez que a utilização de tintas tóxicas também acaba por poluir a nossa casa e o ar que respiramos. Existem inúmeras alternativas que podem ser utilizadas para um ambiente mais saudável. 

Em plena pandemia, e com a casa no centro de tudo, o que é essencial para manter o equilíbrio?

Saber separar as várias tarefas. Mesmo quem utilize a mesa da sala de jantar ou da cozinha, deve ter uma caixa, cesta, ou gaveta, onde deve arrumar o material de trabalho durante as refeições, para que o momento de partilha com a família seja único e sem qualquer distúrbio ao nível dos nossos pensamentos. Visualizar documentos ou o computador durante a refeição acaba por estimular a ansiedade e não usufruir do momento de partilha e descanso em pleno. 

Que mudanças podem fazer as pessoas para tornar a casa num sítio mais feliz para viver?

Neste momento, é necessário colocar alguns apontamentos de cor para quem está com menos energia, por exemplo, flores, guardanapos coloridos, algo que seja fácil e prático de mudar. O objetivo é conferir cor ao espaço e dar energia para um ambiente mais criativo, mas também para estimular a alegria. Vermelho, amarelo e laranja, são as cores indicadas. 

Pode explicar-nos um pouco o que é o Método Vanda Boavida? E como é que se aplica ao “universo” casa?

O método Vanda Boavida está assente em três pilares: Feng Shui, Vision Board e Kaizen, de forma a alavancar as várias áreas da nossa vida. O Vision Board facilita a visualização dos nossos objetivos, pois ao colocar na nossa casa os nossos objetivos, cria foco, para os alcançar. O Kaizen, facilita o processo de arrumação para reduzir tempo, reduzir o espaço necessário e estimular a rentabilidade e criatividade de quem utiliza esta técnica. Por exemplo, arrumar determinados documentos sempre no mesmo local, reduz o tempo de procura e a perda dos mesmos. 

Fonte: Idealista News

Veja Também